Como fazer seu portfólio de desenhos realistas e atrair mais clientes

Por Charles Laveso 18 de outubro de 2019

COMPARTILHE:
portfólio

Qual o principal motivo que faz com que você dedique parte do seu tempo para desenhar? Provavelmente, muitos responderão que a atividade é apenas uma forma de distração. Porém, certamente há quem já pense em ganhar dinheiro e transformar sua arte em renda. É o seu caso? Se sim, o primeiro passo a ser dado é criar um portfólio de desenhos. Você tem um?

Caso ainda não possua, a hora de começar a preparar o seu é agora. Afinal, será com ele que você irá apresentar o seu trabalho para possíveis clientes.

Nesse sentido, é preciso ter bastante cuidado ao criar o seu portfólio. Se ele for bom, certamente vai atrair as pessoas. Agora, se for feito de qualquer maneira, poderá até afastar os interessados. 

Pronto para começar e transformar a sua diversão em rendimentos? Então confira dicas e tenha o melhor portfólio de desenhos! 

O que é um portfólio de desenhos?

Quando você vai se candidatar a uma vaga de emprego deve enviar o currículo, certo? Nele, lista as experiências e qualificações, não é mesmo? Agora imagine um desenhista entregando o currículo para alguém. Você pode até listar cursos e mostrar que é qualificado, mas como um cliente em potencial vai saber se o seu trabalho é realmente bom?

É por isso que a forma como os desenhistas mostram o seu trabalho é por meio de um portfólio de desenhos. Trata-se de uma reunião dos melhores trabalhos realizados, para que o contratante ou cliente verifique sua técnica. Dessa forma, a ideia é mostrar o que você faz de melhor e atrair compradores para a sua arte. 

Em suma, podemos dizer que o portfólio de desenhos é uma amostra da capacidade do profissional de realizar a arte prometida. Dessa forma, enquanto o currículo mostra o perfil de um profissional, o portfólio dá exemplos do que ele é capaz de fazer. 

Como fazer um portfólio adequado ao seu objetivo

Desenhar pode ser algo divertido, encantador e até uma terapia para você, mas nada impede de transformar isso em uma renda extra ou até mesmo na sua profissão. Está pensando em tornar o que você faz de melhor em rendimento? 

Aqui no blog, já mostramos dicas para precificar seus desenhos, como lidar com direitos autorais (em caso de desenhos feitos a partir de fotografias) e também como organizar seu ambiente de trabalho.

Então, quer dicas de como fazer seu portfólio? Confira! 

Portfólio de desenhos impresso 

Em qualquer área de atuação, um profissional que deseja ser reconhecido precisa ter certos cuidados. No mercado de desenho, tão importante quanto aprender a desenhar e fazer um bom trabalho, é saber apresentá-lo para as pessoas. Por isso, mostre organização e capricho, já que isso pode causar uma ótima primeira impressão.

Para o portfólio impresso, opte por uma pasta em perfeitas condições. A mais usada é a do formato A3, pois dá mais visibilidade ao trabalho. Porém, há a opção de preparar um portfólio no formato A4, que como vantagem, está na facilidade de transportá-lo.

Seja qual for a pasta escolhida, coloque de 10 a 15 desenhos nela. É preciso que sejam chamativos e estejam alinhados com aquilo que o cliente espera, por isso, se informe ao máximo sobre o objetivo do projeto.

Como alinhar o seu portfólio

Por exemplo, se você quiser divulgar o seu trabalho em uma feira com produtos para pet, qual desenho deve mostrar? Um portfólio com rosto de pessoas ou com paisagens provavelmente será interessante, mas não a ponte de conquistar essas pessoas. Por isso, a dica é selecionar desenhos de animais que você fez. Cão, gato ou até de uma pessoa com o pet. Tudo isso pode ser interessante para os amantes dos animais.

Portanto, a ideia é reunir em seu portfólio de desenhos que sejam bons e que conquistem o seu público-alvo. Assim, caso vá trabalhar para públicos diferentes, é importante ter mais de um portfólio de desenhos. Veja alguns exemplos:

  • Comercial: se a ideia for pegar encomendas, você precisa pensar em desenhos que encantem seu possível cliente. No geral, noivas, bebês e casais fazem com que a pessoa se identifique com o desenho;
  • Alunos: se a sua ideia for dar cursos sobre desenhos realistas, você precisa impressionar. Para isso, tenha uma pasta com texturas e com acabamento mais refinados. Neste caso, a ideia é impressionar pela técnica;
  • Revista: por exemplo, uma revista que vai publicar sua reportagem sobre o mundo animal terá maior interesse em ver desenhos de bichos do que pessoas.

Atenção: tenha cuidado com o seu portfólio impresso

Caso vá colocar em seu portfólio de desenhos gravura variadas, de paisagens, pessoas ou animais, a divisão pode ser diferente. Da mesma forma, faça mais de uma pasta com os seus desenhos realistas. Em uma delas coloque somente aqueles que você julga serem os melhores. No geral, são os mais recentes.

Organize a outra pasta de forma que fique clara a história da evolução do seu trabalho e de seu aprimoramento profissional. Nela, você pode colocar até alguns rascunhos ou ideias. Se você está se perguntando “para que tudo isso?”, pense na impressão que você quer passar para um possível cliente.

Algumas pessoas, ao verem no portfólio seus desenhos mais antigos, podem não entendê-los e julgá-lo enquanto profissional de maneira equivocada. Embora você saiba que foram feitos quando ainda não sabia todas as técnicas que sabe hoje, nem todos compreendem a evolução

Alguns clientes não entendem que o profissional está sempre se aprimorando. Por isso, não sabem que é natural que os desenhos de anos atrás não sejam tão encantadores quanto os atuais.

Assim, é melhor separar. Caso você sinta que a pessoa tem interesse em saber a sua história e as técnicas, mostra os desenhos anteriores.  

Como fazer portfólio digital

Embora nas pastas você possa ter os seus melhores trabalhos para mostrar para qualquer interessado, isso não é suficiente. Atualmente, é muito importante estar presente também no mundo digital!

Na internet é possível encontrar os mais diversos produtos e serviços. Não há motivos para as pessoas não encontrarem o que você faz de melhor online também, não é?

Assim, a escolha do que postar é algo muito semelhante ao que você viu na hora de fazer o portfólio impresso. Opte pelos melhores trabalhos para impactar o possível cliente. Lembre-se de que esse será o primeiro contato que a pessoa terá com o seu desenho. Quanto mais encantada ela ficar, maiores serão as suas chances de fechar negócio.

Além disso, fique atento à qualidade das fotos. Elas precisam transmitir exatamente a sua arte. Por isso, para ter sucesso nessa ação é importante garantir que as fotografias tenham qualidade e boa resolução.

Já viu o nosso post sobre como fotografar desenhos? Tem também um sobre técnicas e programas de edição de desenhos. Confira!

Ferramentas para fazer um portfólio de desenhos

Para expor os seus desenhos, você pode ter um perfil no Instagram, uma página no Facebook ou até um site próprio. Porém, é importante ir além disso e aproveitar as ferramentas disponíveis para fazer portfólio digital. Conheça algumas delas!  

Behance

É uma das mais usadas e completas. Você pode organizar o seu trabalho em álbuns para ficar mais arrumado e passar um ar profissional. A plataforma permite que você exporte materiais de outros canais para trazer o trabalho para o seu portfólio. O registro é gratuito.

Deviantart

É um ótimo site para hospedar o seu trabalho. Cada pessoa pode colocar até 100 imagens nele, que conta com mais de 13 milhões de usuários ativos. Ele não é gratuito, mas possui mensalidade com um valor acessível.

Carbonmade

A plataforma virtual também permite que você agrupe os seus desenhos em álbuns, que podem ser organizados da forma que você preferir. Fácil de usar, oferece templates prontos que podem ser escolhidos facilmente pelo usuário. A versão gratuita permite que você insira imagens, ou seja, é a ideal para criar portfólio de desenhos.

Cargo Collective

Conta com 30 templates prontos, mas você também poderá customizar a página da forma que preferir. Basta ter algum conhecimento em HTML e CSS. O interessante desta plataforma é que você consegue fazer slideshows para destacar os seus melhores trabalhos.

Kawek

É outra plataforma interessante para você elaborar o seu portfólio de desenhos realistas. O site possui vários templates, espaço para colocar diversas images. Ele oferece até a possibilidade de adicionar um domínio personalizado. A maioria dos recursos é pago. 

Dicas para elaborar um um portfólio de desenhos 

Alguns pequenos erros podem fazer você perder oportunidades de trabalhos. Por isso, separamos algumas dicas básicas e importantes. Confira! 

Defina seu objetivo

A primeira coisa é saber qual é a finalidade do seu portfólio de desenhos. É para conseguir um emprego fixo ou conquistar clientes? São muitas as possibilidades, inclusive para divulgar o seu trabalho como professor de desenho, por exemplo.

Para cada um desses casos existem desenhos que poderão ser mais atrativos. Por exemplo, se quer conquistar alunos, é importante mostrar as técnicas. Já se a ideia for vender desenhos a um cliente específico, foque no que ele gosta. Nesse sentido, veja outras dicas.

Escolha os trabalhos

Agora que você já identificou o que deve colocar em seu portfólio, é hora de escolher os desenhos. Escolha os mais recentes e que você considera melhores, para impressionar a pessoa que os virem. 

Diga quem você é

É importante deixar claro quem é você. Nome, cursos e até um breve histórico do seu aprimoramento profissional podem ser colocados no portfólio de desenho. É preciso ter uma apresentação.

Forma de contato

Não se esqueça de deixar bem visível uma forma de contato, para que o cliente fale com você. De nada adianta ter o melhor portfólio do mundo online, se a pessoa não conseguir entrar em contato com você.

Preencha os seus dados e deixe um e-mail ou até WhatsApp para que a pessoa possa sanar dúvidas, fazer orçamento ou te contratar.

Lembre-se de que menos é mais

O foco do portfólio é divulgar os seus desenhos. Se você escolher um template muito colorido ou cheio de informações, corre o risco de deixá-lo visualmente poluído.

Dessa forma, ao elaborar o seu portfólio de desenhos online tenha cuidado. Informações demais podem afastar clientes e tirar o foco da sua arte

Mantenha-se organizado

Seja no impresso ou no online, é importante ter um portfólio de desenhos organizado. As pastas devem ter boa aparência e não podem estar amassadas. Já online, organize e escolha um template adequado, que passe um tom profissional.

Atualize sempre!

Tem um trabalho novo que ficou perfeito? Atualize. Diariamente você aprende novas técnicas. Deixe que os seus clientes saibam disso. A atualização também é importante para aumentar a interação com seguidores e se tornar mais conhecido.

Gostou das dicas? Agora que já sabe como fazer o seu portfólio, é bom ficar atento ao mercado de trabalho. Saiba mais

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.