Portfólio de desenhista: aprenda aqui como montar o seu!

Por Robson Almeida 23 de Fevereiro de 2017

COMPARTILHE:
portfólio
Portfólio de desenhista: aprenda aqui como montar o seu!
5 (100%) 1 vote

Você já desenvolveu suas técnicas de desenhos realistas e gostaria de receber encomendas? Seja como renda extra ou até para se tornar desenhista profissional, a melhor forma de oferecer seus trabalhos é montando um portfólio atraente.

Aqui no blog, já mostramos dicas para precificar seus desenhos, como lidar com direitos autorais e também como organizar seu ambiente de trabalho. Também já viu nosso guia atualizado de materiais para desenho. E agora chegou a vez de ensinar como fazer seu portfólio.

Neste artigo, você vai aprender:

Vamos lá?

Seu marketing pessoal

Em qualquer área de atuação, um profissional que deseja ser reconhecido precisa ter certos cuidados. No desenho isso também é verdade. Tão importante quanto aprender a desenhar e fazer um bom trabalho é saber apresentá-lo para as pessoas. Mostre organização e capricho, assim pode causar boa impressão em possíveis clientes.

Selecione trabalhos recentes, com no máximo um ano, a menos que seja um desenho consagrador, muito importante para sua carreira. E, acima de tudo: nunca coloque artes de outras pessoas em seu portfólio.

Portfólio impresso

Compre uma pasta, preferencialmente no formato A3 – que dará maior visibilidade para o trabalho -, embora o tamanho A4 seja mais fácil de transportar. Nela, reúna de 10 a 15 desenhos que sejam chamativos e estejam alinhados com aquilo que o cliente espera. Por exemplo, uma revista que vai publicar sua reportagem sobre o mundo animal terá maior interesse em ver desenhos de bichos do que pessoas.

Outra dica importante é que sejam trabalhos bem acabados, sem marcas de dedos, borrões ou defeitos. Selecione trabalhos nos quais você se garante e que está disposto a fazer. Pense bem: talvez o comprador possa gostar justamente de algo que você não gostou de fazer, mas por descuido incluiu em seu portfólio impresso.

curso de desenho

Portfólio digital

Ao mesmo tempo em que facilita muito a divulgação de seus trabalhos, na internet você estará competindo com inúmeros concorrentes. Mas você não deve ter vergonha de expor seu trabalho. Aprender a aceitar críticas construtivas é indispensável para crescer como artista.

Você pode utilizar diversas ferramentas gratuitas que estão disponíveis, como o site Behance. Aproveite vitrines assim para mostrar seus melhores trabalhos e atrair visitantes até sua página pessoal.

Desenvolva um site com design sóbrio, para que sejam os desenhos o foco da atenção. Classifique-os de maneira simples e clara, facilitando que os visitantes encontram rapidamente o que procuram.

Preserve sua imagem

Ao contrário de profissões em áreas como Direito e Economia, desenhistas não precisam se vestir de maneira formal. Mas, em certa medida, é necessário ter bom senso para se apresentar.

Muito além da aparência, serão notados aspectos comportamentais. Evite polêmicas e controvérsias quando estiver tratando com seu cliente. Se por alguma razão não concorda com o direcionamento que ele pretende para o trabalho, melhor recusar de maneira sutil do que tentar convencê-lo do seu ponto de vista.

Seguindo as dicas acima, serão maiores suas chances de abrir portas no universo dos desenhos realistas. Para ter acesso a mais conteúdos assim, curta a página de Charles Laveso no Facebook.

Cadastre-se na lista VIP!

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.