Realismo: desenhos para desenhar ou para criar?

Por Luiza Silveira 29 de junho de 2018

COMPARTILHE:
Desenhos para desenhar: João Rocha
Realismo: desenhos para desenhar ou para criar?
5 (100%) 3 votes

Se você está aqui, é porque já se surpreendeu com o fato de que os desenhos realistas parecem quase serem fotografias. Do mesmo modo, você já deve ter pensado: será que a pessoa que o fez provavelmente encontrou um desenho para desenhar igual, ou será que foi uma criação própria?

Esse é um questionamento válido para o desenho realista, uma vez que esse estilo de arte tem como principal pilar a cópia da realidade. Dá-se ênfase aos detalhes, ao sombreamento, à textura… À tudo! Para que se torne uma representação o mais fidedigna possível.

Justamente por essa apresentação complexa do desenho realista que essa dúvida existe. Mas antes, é preciso compreender melhor o paralelo entre copiar/criar. E além disso, da importância da técnica.

Neste artigo, vamos discutir os seguintes pontos:

  • Qual a proposta do desenho realista?
  • Devo procurar desenhos para copiar ou devo criar os meus próprios?
  • Como evoluir no desenho realista?
  • Desenhos para desenhar: técnicas iniciantes e avançadas

Acompanhe para saber mais!

Qual a proposta do desenho realista?

Por que desenhar?

Primeiro, você pode se perguntar: se o desenho realista é tão parecido com uma fotografia, por que dar-se ao trabalho de desenhar, então? A beleza do desenho é justamente o processo de fazê-lo.

Porque você testa a sua disciplina em praticar constantemente. Porque é preciso focar em cada detalhe do desenho, e assim, treinar concentração e percepção. E você acaba levando essas habilidades para outros campos da sua vida.

Se você quer precisão e perfeição artística, realmente, é o caso de uma fotografia. O desenho realista vai além disso.

Qual a graça de desenhar uma foto?

Como já abordamos nesse post aqui (Qual a graça de desenhar uma foto?), o ato de copiar uma imagem pode até parecer um pouco vazio.

Reproduz-se a foto já pensando no resultado. Para, ao final, só comparar referência com o desenho. Mas, você já se perguntou qual o SEU verdadeiro propósito, ao fazer um desenho realista?

Na arte de desenhar, o objetivo vai muito além da técnica ou do desenho final. Tem mais a ver com o seu envolvimento no processo, com os benefícios que desenhar traz à sua vida pessoal, com a satisfação de se superar. Com a conexão que cada um tem com o desenho que está produzindo. O professor Samuel Torres acrescenta:

Cada trabalho é uma manifestação única de cada indivíduo, de sua percepção, técnica, sensibilidade e emoções.

É o que faz cada artista ser único em sua arte. Sua interpretação e técnica aplicadas, não exclusivamente sua fidelidade à referência, que é apenas um ponto de partida à realização da arte final.

Com certeza, muitas pessoas chegam até aqui porque se impressionam com o resultado final, por se assemelhar muito a uma fotografia. A ponto de ser confundido com uma!

Porém, o envolvimento do desenhista com a sua arte, a experiência que tem com o lápis, com o papel, com o desenvolvimento de uma habilidade com a mão… Tudo isso instiga a pessoa a se superar cada vez mais. A cada desenho, um novo desafio. A cada desenho, uma interação mais intensa entre a prática, os materiais e a percepção.

Enfim! O propósito do desenho realista é o saber do processo, e não apenas o resultado final.

O processo do desenho é uma espécie de imersão em um alto estado de concentração. É uma atividade prazerosa e ao mesmo tempo desafiante. É um momento em que é possível afastar males como a ansiedade e outras preocupações. Simultaneamente, aperfeiçoar a técnica e aprimorar cada detalhe.

Devo procurar desenhos para copiar ou devo criar os meus próprios?

Então, é importante que todos compreendam que o desenho realista se trata de dominar as técnicas, aproveitar o percurso, e ser capaz de desenhar as coisas do modo mais realista possível.

Aquela pergunta, se o desenho foi feito a partir de uma cópia ou foi uma criação própria tem uma resposta um pouco mais complexa… O desenho realista é a reprodução da realidade, como já foi dito. Portanto, é difícil, até para desenhistas profissionais criarem algo apenas de sua imaginação.

Para chegar a tal ponto, é preciso um excelente domínio de técnicas, de manuseio e familiaridade com os materiais, de percepção de mundo. De ter, em sua mente, uma extensa biblioteca de imagens, para quando quiser criar algo próprio, tirar de sua imaginação.

No entanto, a verdadeira proposta da arte realista É copiar uma imagem.

Ao copiar, você pode comparar sempre o sombreamento, os detalhes como fios de cabelo, texturas de pele

Por sua vez, para criar algo, é recomendável que você faça um estudo completo sobre conteúdos como anatomia, entre outros. Pegue um esboço, e a partir disso, criar um desenho proporcional, usando a técnica realista.

A criação, no caso da arte realista, é uma exceção à regra da reprodução da imagem, a partir de uma referência.

Uma referência que faça sentido

O ato de copiar não é vazio, uma vez que você encontre um sentido para o que você está fazendo.

A arte existe para expressar aquilo que nem sempre pode ser posto em palavras. Ao desenhar uma pessoa querida, por exemplo, o processo do desenho se torna muito mais especial, ao trabalhar, detalhe por detalhe, a fisionomia e as expressões dessa pessoa.

O desenho realista é a sublimação dos seus sentimentos ante a realidade. É querer reproduzir com exatidão as particularidades que te chamam a atenção, deste mundo.

Se não, para que passar tanto tempo fazendo um desenho, se ele não faz sentido para você?

Não extingua sua inspiração e sua imaginação. Não se torne o escravo do seu modelo. (Van Gogh)

Assim como diz o renomado pintor holandês, não se torne escravo do seu modelo. Inspire-se por ele, e faça do seu desenho algo muito maior!

Como evoluir no desenho realista?

Essa resposta é bastante simples: com a prática!

É comum que as pessoas que começam com o desenho realista se sintam ansiosas para fazer desenhos incríveis, quase que imediatamente.

Mas é um caminho bastante longo até adquirir a destreza para fazer um desenho que se parece com uma fotografia!

Veja a seguir exemplos de desenhos de alunos que conseguiram resultados incríveis! Mas pense também no outro lado da história: eles batalharam bastante, exercício por exercício, incessantemente, até chegar onde chegaram.

Desenho de Mateus Santos Magalhães.

Desenhos para desenhar.

Desenho do Rafael Konishi.

Por isso, neste artigo vamos te indicar algumas técnicas, desde iniciantes a avançadas, para que você possa evoluir no desenho realista.

Desenhos para desenhar

Para você que quer começar na arte do desenho realista e não sabe muito bem por onde começar, confira os seguintes desenhos para desenhar, técnicas e vídeo aulas!

Mas tenha sempre em mente, ao procurar por desenhos para desenhar e aperfeiçoar a técnica: paciência e persistência!

Técnicas iniciantes

1. Degradê de tons

Em um primeiro contato do lápis com o papel, antes de buscar desenhos para desenhar, comece fazendo a escala de valores tonais.

Assim, você terá uma noção dos tons, da transição do escuro para o claro. E também da suavidade da mão.

Novamente, é essencial treinar o passo a passo.

Desenhos para desenhar

2. Esfera de tons

Uma técnica para melhor dominar os materiais e a leveza, tente fazer a esfera com os cinco elementos de iluminação. Com ela, pratica-se os tons e uma percepção diferente. E também será o momento para adquirir mais habilidade com os materiais.

Já tratamos melhor, anteriormente, sobre as técnicas de luz e sombra e de volume nos desenhos.

Desenhos para desenhar

3. Vídeo aula: efeitos de metal e caveira cromada

O próximo passo é a vídeo aula de efeitos de metal e da caveira cromada.

Praticando esse tipo de efeito, percebe-se maior riqueza de detalhes e percepção mais aguçada.

Dá uma olhada nesse vídeo abaixo, para você ter uma ideia do que tem na vídeo aula do Charles Laveso!

4. Curso Virtual de Realismo para Iniciantes

Após ter praticado bastante os exercícios acima, você já está pronto para fazer o Curso Virtual de Realismo para Iniciantes!

Nas vídeo aulas do Curso de Iniciantes, aprende-se, de forma mais completa, conceitos como fazer o traço de desenhos, sombreamento, desenvolver a percepção, textura…  Para, por fim, partes do rosto humano.

No entanto, ainda é preciso dominar a técnica e os materiais para ser possível executar bem um rosto humano. Por isso, é importante tomar o seu tempo e trabalhar no passo a passo, para não saltar etapas no seu aprendizado!

Técnicas avançadas

Após o curso de Realismo para Iniciantes, de aprimorar sua habilidade com os materiais, e de ver como cada parte do rosto é construída, agora pode desafiar-se a fazer imagens mais complexas.

Mas sempre estando consciente de que passar pelo processo todo é crucial. Assim, poderá aventurar-se a procurar referências e tentar copiá-las, com maestria.

Lembre-se de aproveitar ao máximo o caminho até o resultado final!

 

 

Enfim, buscando desenhos para desenhar ou querendo superar-se para criar, procure dominar as técnicas básicas, antes de mais nada!

Desenhos para desenhar

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.