Como conter a ansiedade na prática frequente do desenho realista

Por Samuel Torres 13 de novembro de 2019

COMPARTILHE:

Você já se sentiu ansioso enquanto desenha? Aquele sentimento de inquietação, fadiga, um leve desespero que pode tirá-lo do foco? A ansiedade pode afetar até mesmo quando a pessoa faz o que gosta. 

A atividade, que deveria ser prazerosa e relaxante, pode se tornar desagradável. É preciso fazer algo para mudar isso. Afinal, forçar e tentar fazer o desenho de qualquer forma pode ser ainda pior. Logo, a frustração e a angústia podem piorar

Por isso, é preciso identificar o problema e criar alternativas para vencer a ansiedade. Veja algumas dicas do que fazer!  

Dicas para fugir da ansiedade

O desenho realista é uma atividade que requer muita concentração e calma. Por isso, é necessário se desligar do senso de urgência, da ideia de que o tempo está correndo, conter a pressa e a ansiedade.
E como fazer isso? Confira algumas dicas! 

Evite distrações na hora de desenhar

Primeiramente, tente evitar distrações. Celular, computador, televisão, redes sociais e mensagens criam uma conexão entre você e o mundo à sua volta. Isso só atrapalha na hora de desenhar. Afinal, esse é um momento de conexão entre você e sua arte. É preciso que evitar que qualquer outra coisa ou pessoa faça você se desviar do foco

Na hora de desenhar, é preciso se desligar do mundo. Pegue o lápis e comece a corrê-lo no papel, a sentir sua textura, maciez, tonalidade… Atente-se à força que está aplicando e como vai sendo o efeito no papel, quando coloca mais tensão no lápis. 

Isso ajudará você a ter uma experiência consciente, esclarecedora e libertadora. Poderá conseguir esvaziar sua mente, sem ter espaço para preocupações ou pensamentos. Toda sua concentração estará focada apenas ali, no traço, na tonalidade, na leveza.
Assim, a atividade começará a se parecer com um laboratório. Você se sentirá um cientista em um laboratório, com todas as possibilidades à sua disposição. Só restará ir lá e experimentar. 

Esse processo pode ser tão satisfatório, que o ausentará do efeito do tempo. Você estará imerso ali e as horas parecerão minutos. Porém, isso só vai acontecer se você se desligar de tudo, esvaziar a mente e tiver seu foco apenas no desenho. 

Divida a sua arte em pequenas partes

Outra dica, que pode te ajudar bastante a controlar a ansiedade, é dividir o trabalho. Afinal, o desenho realista, quando muito complexo, pode gerar ansiedade antes mesmo de começar. Só de olhar para referência você começa a sofrer imaginando como poderia fazer isso ou aquilo, evite pensar. Apenas escolha uma parte onde começar e comece. Separe a imagem em partes e faça uma de cada vez. 

Se preferir, você pode usar o papel quadriculado. Ele ajudará a dividir a imagem em partes menores, que poderão ser assimiladas mais facilmente. Assim, quando você for desenhar algo muito complexo, não terá que olhar o todo. Dessa forma, evitará de ficar “quebrando a cabeça” ao tentar imaginar como fazer os traços. Poderá destinar os seus minutos à desenvolver a arte, apenas copiando aquele quadradinho, um de cada vez. 

Quando começar a trabalhar dentro de cada quadrado, é importante que esqueça o restante, como se aquela parte fosse o desenho todo. Copie as formas, os detalhes e os tons. 

Não se esqueça de se divertir durante esse processo. Afinal, tudo precisa ser prazeroso, uma descoberta, um experimento. Assim, você terá satisfação, tranquilidade e se sentirá tão bem que vai querer experimentar essa sensação mais vezes! Dará adeus à ansiedade! 

Escolha um novo local

Às vezes, o problema não é exatamente o estado mental. O espaço físico no qual você está trabalhando, pode prejudicar a sua concentração e aumentar ainda mais a ansiedade. Por isso, é preciso ter um espaço físico adequado. Reserve um lugar em sua casa que possua:

  • uma mesa preparada para o desenho;
  • seus materiais à fácil acesso;
  • uma luminária;
  • uma janela;
  • que seja um ambiente claro e ventilado;
  • um ambiente confortável e silencioso.

Para obter o silêncio necessário, você pode fechar a porta do local ou optar por desenhar em horários em que há menos barulho em sua casa. Caso não encontre um horário bom e silencioso para trabalhar, considere ouvir música. Um fone de ouvido poderá ajudar! 

Uma boa música

Por falar em música, além dela isolar você do ambiente à sua volta, evitando distrações, ela vai gerar mais conexão entre você e o desenho. É como se você estivesse se sintonizando com o desenho. Contudo, para isso precisa escolher uma música que seja agradável e que se encaixe com o estado de espírito no qual você se encontra. 

A música tem o poder de alterar o estado de consciência e o estado físico. Além disso, ela pode gerar mais concentração, fluidez e ajustar a mente para melhorar a performance. 

Embora a música possa ser uma aliada, é importante que saiba que enquanto está na fase de aprendizagem, é preciso ter cuidado. Nesse caso, prefira músicas mais calmas, para que consiga uma maior concentração. 

Isso se faz necessário, pois a habilidade é primeiramente aprendida e treinada de forma consciente. Posteriormente, ela começa a se tornar algo automático. Assim, apenas quando a técnica já está dominada é que qualquer tipo de música pode ser ouvida enquanto o desenho é feito, para melhorar a ansiedade.  

Escolha o desenho certo

Não quer ficar ansioso? Então cuidado com o que escolhe para desenhar. Não adianta escolher uma imagem desafiadora a ponto de que não consiga fazer direito. 

Isso irá atrapalhar o processo criativo e pode prejudicar a sua desenvoltura. Prefira algo mais simples, com o qual se identifique. Aos poucos, com o passar do tempo, você pode ir aumentando a complexidade do que desenha. 

Evite a procrastinação

Quanto mais você tentar adiar o trabalho, mais ansioso vai ficar. Afinal, vai notar que o trabalho está acumulando e que nada é terminado. Para quem sofre com a ansiedade, o acúmulo de serviço só prejudica. Evite que isso aconteça, tenha um horário de trabalho e cumpra-o! 

Gostou das dicas? Ainda não saber se realmente sofre de ansiedade? Então conheça mais sobre ela e descubra os sintomas

Curso de Desenho Realista para Iniciantes
COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.