[Atualizado] Dúvidas sobre materiais para desenhos realistas? Veja nosso guia completo!

Por Robson Almeida 26 de Março de 2018

COMPARTILHE:
materiais para desenhos realistas
[Atualizado] Dúvidas sobre materiais para desenhos realistas? Veja nosso guia completo!
4.6 (92%) 5 votes

Você concorda com alguma dessas afirmações?

  1. Materiais para desenhos realistas são caros e difíceis de encontrar.
  2. Desenho realista é somente um lazer, por isso não vale a pena gastar dinheiro com materiais.
  3. É impossível fazer um bom desenho realista sem os materiais adequados.

Se você concordou com a primeira frase, ficará feliz em saber que está errado! Mostraremos como é possível encontrar materiais a valores acessíveis, esteja onde estiver.

Se você concordou com a afirmação número 2, é sinal de que ainda não consegue  enxergar claramente como pode fazer do desenho uma profissão viável.

Então leia até o fim para conhecer exemplos de desenhistas que ganham dinheiro com isso, tanto ou mais do que eles ganhariam em um emprego tradicional.

Você verá neste guia atualizado:

  • Como escolher lápis para desenho?
  • Que papel usar em desenhos realistas?
  • Materiais para efeitos de luz e sombra;
  • E, ainda, no final uma dica importante, aproveite!

Como escolher lápis para desenho?

Os desenhos realistas a lápis podem ser coloridos ou tons de cinza. Aqui, vamos focar nos trabalhos produzidos em diferentes tonalidades de grafite, desenhos tão realistas que até parecem fotografias.

Prático e versátil, o lápis é composto basicamente de madeira e grafite. O que poucos conhecem é o que existe além disso. 

A maioria das pessoas conhece apenas o famoso lápis escolar número 2, que pode ser encontrado até nas menores cidades, em papelarias, empórios ou armazéns.

Tonalidades de grafite

A atual escala de tonalidades foi criada por Lothar Faber. Ele classificou 14 variações:

6H, 5H, 4H, 3H, 2H, H, F, HB, B, 2B, 3B, 4B, 5B e 6B

Para entender essa escala de tonalidades, você precisa saber que o conteúdo do lápis não é puramente grafite, mas sim uma massa composta também por argila.

O mais duro é o 6H, onde a letra faz referência a HARD.

O 6B (BLACK) é o mais macio, consequentemente tem o traço mais escuro. As tonalidades intermediárias são F (FINE) e HB.

São 14 tons que permitem infinitas combinações e efeitos, como veremos mais à frente.

Lápis carvão

O contraste tem papel fundamental em desenhos realistas à lápis. E para obter tons mais escuros que o do grafite, a alternativa é utilizar o lápis carvão.

As marcas mais conhecidas utilizados por desenhistas são:

  • Faber-Castel
  • Caran’Dache
  • Conté à Paris
  • Derwent
  • Cretacolor

Diferentes marcas trazem diferentes resultados e sensações ao usar, alguns são bem negros e macios, como o Pierre Noire da Conté à Paris. Outros são mais rígidos e apresentam fuligem misturado com o carvão, e ao usá-los fica arranhando, como se tivesse areia. Isso depende também do tipo e da qualidade do carvão.
Cabe ao desenhista testar para ver o que mais lhe agrada.

Os lápis mais usados pelo Charles e sua equipe são o Pierre Noire e o Nero da Cretacolor.

Que papel usar em desenhos realistas?

Existem no mercado inúmeros modelos de papel para variadas finalidades. E depende da relação entre o papel e o lápis.

Usando um papel mais poroso, você terá que trabalhar com um lápis mais duro. No papel liso, é melhor um lápis macio.

O professor Charles Laveso recomenda:

“Se você usar um papel que não te agrada, a dificuldade de alcançar o resultado vai ser maior. Já usei papéis que grandes artistas indicam e acabei não gostando muito. De todos que eu já usei, o que eu mais gosto e indico é o Fabriano 4L.”

Mas o próprio papel escolar da marca Canson também pode ser usado. Seu verso é menos poroso, enquanto a frente é bem rústica.

Outros tipos de papel bastante usados em desenhos realistas são o Lavis Technique, da marca Canson (com aspecto acetinado), além do Lana Bristol e Winsor & Newton.

De que forma são produzidos os efeitos?

Para conferir verossimilhança aos desenhos realistas, são utilizados recursos técnicos para dar volume e profundidade , contraste, textura, luz e sombra, etc.

O professor Laveso orienta que são 3 os materiais mais utilizados para dar aspecto esfumaçado aos desenhos: pincel macio (com as cerdas cortadas pela metade para que fique mais firme ao trabalhar com grafite), esfuminho e papel higiênico.

Detalha Charles:

“Prefiro usar o pincel número 8 ou o número 4, mas é uma escolha pessoal. Esfuminho, uso dois: um grosso e outro mais fino, sempre bem lixado para que mantenha-se limpo, além de papel higiênico dobrado em forma triangular usado em áreas maiores.”

Dica Extra: traçado com mesa de luz

Uma ferramenta muito difundida no mercado gráfico, a mesa de luz possibilita um traçado perfeito em seus desenhos. Você pode utilizar esse recurso para na reprodução de fotografias e até fazer montagens.

O mecanismo é bem simples: basta posicionar a folha em branco sobre a imagem a ser replicada, ambas sobre a mesa. Quando a energia é acionada, a luz atravessa o papel, transparecendo a silhueta da imagem. Então, basta fazer o traçado.

Uma alternativa à mesa de luz é o decalque, que consiste em uma folha sulfite preenchida de lápis grafite usada como papel carbono, colocada entre o papel de desenho e a foto de referência para tirar o traço.

No vídeo a seguir você entenderá melhor a importância de um traço bem tirado e as formas de obtê-lo:

Lista de materiais para desenhos realistas

Preciso comprar produtos sofisticados?

Com o passar do tempo, ocasionalmente até pode sentir necessidade de comprar algum material que torne mais fácil alcançar determinado efeito, mas verá que nem sempre isso é preciso.

Materiais para desenhos realistas bem simples como lápis nacionais e papel Canson comum, aliados a uma boa técnica trazem bons resultados.

Para exemplificar, vejamos um ótimo trabalho do desenhista Samuel Torres.

“Esse desenho que fiz a um tempo atrás, usando lápis comum de graduações H, HB, 2B e 4B, esfuminho, borracha fina, lapiseira e lenço de papel higiênico folha dupla para espalhar o grafite. Com pouco dinheiro e muita força de vontade para aprender é possível alcançar resultados inimagináveis no desenho realista.”

Quais materiais para desenho devo usar?

Se você está começando na área e não pode gastar muito, confira uma lista dos materiais para desenhos realistas, gastando até R$ 60:

  • Lápis: Faber-Castell série 9000 de graduações: H, HB, 2B, 4B e 6B
  • Papel Canson linha escolar 140g/m² ou Canson Desenho 220g/m²
  • esfuminho n°2
  • lapiseira 0.5mm
  • mina 0.5mm 4B da marca Pentel
  • caneta borracha Tombow 3.8mm
  • caneta Bic sem tinta (para usar como boleador)
  • lenço de papel ou papel higiênico folha dupla macio (para espalhar o grafite)

A maioria desses materiais você encontra nas papelarias de sua cidade, o que não encontrar poderá adquirir acessando este link.

Uma recomendação importante sobre o papel é que por ser texturizado, deve-se usar o lado mais liso, geralmente o verso.

curso de desenho

Primeira atualização em 25/04/2017.
COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.