Desenhos para colorir? A beleza do desenho realista em preto e branco!

Por Ricardo Tadeu 20 de dezembro de 2018

COMPARTILHE:
desenhos para colorir
Desenhos para colorir? A beleza do desenho realista em preto e branco!
5 (100%) 1 vote

Nos últimos anos, os desenhos para colorir ganharam destaque nos noticiários como uma estratégia para se livrar do estresse do cotidiano. Sim, há anos, o ser humano sabe o valor da arte para melhorar a nossa vida.

No entanto, esses livros de colorir podem ser apenas uma moda passageira.

Por isso, acreditamos que é melhor investir em uma atividade muito mais duradoura, que terá efeitos por toda sua vida: os cursos de desenho realista.

Com isso, você aprenderá a fazer retratos perfeitos, que parecem fotografias em preto e branco das pessoas e dos personagens de séries e filmes. Como é uma habilidade que você aprenderá, ela jamais será esquecida e, sempre quando você tiver papel e lápis, será capaz de fazer artes incríveis.

Ficou interessado? Então, não deixe de ler o nosso post até o fim!

desenhos para colorir

Pessoas que procuram se desestressar procuram livros de desenhos para colorir?

Geralmente são desenhos de jardins, psicodélicos, até de famosos existe…

Os livros de desenhos para colorir adultos têm o intuito de tirar, por algum tempo, a carga do dia a dia. Dos problemas da vida.

Por determinado tempo, a pessoa tem de pensar na combinação de cores, no preenchimento que dará a cada imagem.

Não é terapia, não resolverá os seus problemas. Mas, por um momento, deixar de pensar em tudo que te incomoda.

E o que isso tem a ver com o desenho?

O desenho compartilha dessa sensação de relaxamento que os desenhos para colorir proporcionam.  Os benefícios do desenho são muitos…

Além da arte em si, desenhar tem fins terapêuticos.

Por que fazer um curso de desenho realista em vez de desenhos para colorir?

Como explicamos, a moda dos livros para colorir surgiu por causa do relato de muitas pessoas de que eles ajudavam a reduzir a ansiedade e a depressão. No entanto, essa benefício pode ser atingido com qualquer tipo de arte, pois esta ajuda as pessoas a focar sua atenção em algo externo e esquecer os problemas da vida por alguns minutos.

No entanto, colorir é um hobby muito passivo, que não agrega muito valor à sua vida permanentemente.

Assim que acabar o livro, você terá de comprar outros e ficará sempre dependente da disponibilidade deles nas livrarias. Como se trata de uma moda, ela pode repentinamente acabar.

Aprender os desenhos realistas, por outro lado, trará uma nova habilidade para você, que ficará permanentemente gravada no seu cérebro.

Consequentemente, sempre que você quiser, será só pegar um lápis e um papel para começar a expressar seus sentimentos por meio da arte.

Ou seja, você não vai estar completando o trabalho de outra pessoa, mas, sim, fazendo algo que traduz seus sentimentos e emoções naquele momento. É algo particular e único.

desenhos para colorir

Desenho do aluno Thiago Souza

Por que o desenho realista em preto e branco encanta tantas pessoas?

A arte que verdadeiramente encanta as pessoas é aquela que, com poucos instrumentos e materiais, consegue retratar a realidade fielmente.

Os retratos realistas são únicos em sua capacidade de criar uma expressão de “uau” no rosto das pessoas.

Isso porque o artista geralmente só conta com 3 ou 4 materiais, como o lápis (ou lapiseira), papel, borracha e régua. Com isso, um artista talentoso consegue imitar fielmente cada detalhe de uma expressão facial.

Hoje em dia, com o avanço da tecnologia, todo mundo pensa em fazer arte com técnicas complexas com computação gráfica ou, então, utilizar materiais caros e inovadores. Sim, não podemos negar que os resultados são incríveis. Porém, isso tem deixado a simplicidade cada vez mais rara, o que o desenho realista tem trazido de volta.

Você já viu um artista fazendo fazendo um desenho realista?

A cada traço e risco, um algo incrível vai surgindo e as pessoas consideram isso mágico. Afinal, um dos primeiros pensamentos que as pessoas têm ao quererem fazer desenhos realistas é fazer aqueles tão coloridos que imitam todas as tonalidades do mundo que está ao alcance das nossas visões. Mas, aí, elas descobrem que existe muita beleza também no desenho preto e branco.

Em analogia à fotografia, as fotos em P&B são especiais pela história que carregam em si.

Pode parecer uma diferença óbvia, entre uma imagem colorida e uma em preto e branco. Mas é justamente na simplicidade dessa diferença que está a sua beleza.

Pense também na diferença entre uma escultura de mármore e outra de bronze. Apesar de serem a mesma classe de arte, seus processos e resultados são diferentes. Cada uma com sua beleza específica.

O desenho colorido, ou até aqueles desenhos para colorir, retrata em mostra a cena real em um círculo de matizes.

As cores possuem a simbologia dos sentimentos; uma cor quente para a felicidade e uma cor fria para a tristeza… O branco para a paz e o preto para o luto… Enfim, são inúmeras possibilidades.

Lembra das fotografias que falamos agora pouco? A foto P&B trabalha com a exposição de luz, não com cores. Falamos da claridade (presença de luz) e da escuridão (ausência de luz).

desenhos para colorir

Quais os benefícios de fazer desenhos realistas?

Bem, os seres humanos têm desenhando há  mais de 73 mil anos e deve haver alguma razão para isso.

A arte faz parte de algo essencial do significado de ser humano.

Na nossa evolução, perdemos a nossa força bruta dos chimpanzés, mas ganhamos a habilidade de manipular ferramenta, como martelos e lanças.

Mais tarde, a percepção da nossa condição existencial levou nossos antepassados a criarem tintas para transmitir mensagens nas paredes das cavernas para as futuras gerações.

Isso tudo foi possível porque nossa mão possui uma rede extremamente densa de terminações nervosas.

Isso nos mostra que, de alguma forma, nós fomos construídos para desenhar construídos para desenhar. Essa tendência é tão forte que as crianças pequenas não podem ver um lápis e um papel que começam a tentar representar o mundo.

desenhos para colorir

Os estudos neurocientíficos mostram que desenhar melhora o funcionamento do cérebro

Alguns estudos têm mostrado que desenhar muda a forma como o cérebro processa informações.  

Quando estamos em repouso, nosso cérebro entra no modo “circuito padrão”, ele que induz o estado de relaxamento.

Desenhar melhora as conexões desse circuito e, consequentemente, ajuda-nos a aumentar nossa sensação de bem-estar continuamente. Justamente por essa razão, grande parte das técnicas de aprendizado têm incentivado os alunos a fazerem desenhos para melhorar sua atenção em aulas longas.

Além disso, outras evidências têm mostrado que os desenhos melhoram também o funcionamento da memória.

  • Um estudo da Revista de Psicologia Cognitiva Aplicada mostrou que os alunos que desenhavam tinham uma performance 29% melhor em comparação com aqueles que ficavam parados durante uma palestra ou leitura de um livro didático.
  • Outro experimento separou as pessoas em dois grupos: no primeiro, as pessoas viam uma série de objetos e escreviam seus nomes enquanto, no outro, elas tinham de desenhar. O segundo grupo teve um desempenho mito melhor do que o primeiro.

desenhos para colorir

Desenhar ajuda a desenvolver o pensamento abstrato

Enquanto colorir é uma atividade passiva que não cria novas conexões no seu cérebro, o desenho pode melhorar a cognição.

Por exemplo, os desenhos de Darwin sobre as espécies de pássaro que ele encontrou nas viagens o ajudou a deduzir que havia algo por trás do formato dos bicos e foram cruciais para que ele conseguir pensar na teoria da evolução.

Isso porque desenhar conceitos e objetos físicos força seu cérebro a se envolver com eles de uma forma inteiramente nova, o que aumenta a compreensão.

Desenhar rostos, por exemplo, vão lhe deixar mais observador das nuances das expressões faciais humanas e ajudará a entender melhor as emoções humanas.

Os estudos mostram que o talento para desenha está ligado à precisão com que alguém percebe o mundo visualmente. O sistema visual humano tende a julgar mal tamanho, forma, cor e ângulos dos objetos. Os artistas percebem essas qualidades com mais precisão do que os não-artistas.

Isso não quer dizer que uma pessoa nasce com o dom de desenhar, mas que o hábito de desenhar vai melhorando a capacidade visual do indivíduo.

Por exemplo, na física e na química, todos os grandes teóricos eram também bons desenhistas, como Leonardo da Vinci, Newton e GalileuO raciocínio do desenhar otimiza o modo que as pessoas enxergam o mundo.

Portanto, em vez enxergar essa atividade como um talento natural exclusivo dos artistas, devemos vê-la como uma ferramenta para ver e entender melhor o mundo.

Então, como você deve ter percebido, fazer desenhos a lápis e grafite é uma técnica que enriquece o ser humano. Não é somente um método de desestresse, como é o caso dos livros para colorir.

Se utilizarmos o pensamento prático, ainda encontramos outra grande vantagem, após dominar a técnica, você pode utilizar os desenhos realistas para ganhar dinheiro.

desenhos para colorir

Desenho da aluna Fina Abellán Martínez

Você pode aprender uma profissão

Sim, uma das grandes vantagens, ao final de um curso, você pode encontrar uma profissão muito satisfatória e lucrativa.

Essa história de que arte não dá dinheiro no Brasil é um grande mito.

A maioria dos nossos ex-alunos está se dando bem na área e conseguem dinheiro suficiente para levar uma vida muito confortável.

Para isso, basta muita dedicação para aprender a técnica com perfeição. Mas, se você quer somente um novo hobby, o curso também será ideal.

 

Portanto, acreditamos que é muito mais vantajoso fazer um curso de desenho realista em vez de comprar livros de desenhos para colorir.

Você verá que fazer um trabalho inteiramente com as próprias mãos dá uma sensação de satisfação única e irresistível. Não é uma questão de talento natural, mas de dedicação a aprender as técnicas certas que um bom curso o ensinará.

 

Quer aprender sobre a arte dos desenhos realistas? Então, não deixe de conferir os nosso cursos!

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.