Qual lapiseira para desenho realista escolher?

Por Maira Poli 6 de setembro de 2018

COMPARTILHE:
Lapiseira para desenho realista
Qual lapiseira para desenho realista escolher?
5 (100%) 1 vote

Para quem é amante do desenho, seja qual tipo ele for, tenho certeza que em algum momento já se sentiu atraído pelas lapiseiras. No nosso caso, pela lapiseira para desenho realista.

Criada com a função inicial de portar minas que não precisassem apontar, hoje esta ferramenta se tornou até mesmo objeto colecionável.

Você vai encontrar vários tipos, tamanhos e principalmente, que nos enchem os olhos, variados design.

Conheça mais sobre

O que você precisa saber sobre as lapiseiras é que elas têm diversas dimensões. Vão desde a mais recente 0.2mm até a mais calibrosa 5.6mm.

  • Mais finas: 0.2mm/0.3mm/0.5mm/0.7mm/0.9mm
  • Mais grossas: 2.0mm/2.5mm/3.0mm/3.15mm/3.2mm/3.8mm/5.6mm

E as marcas são diversas, como: Pentel, Caran d’Ache, Koh-I-Noor, Staedtler, Cretacolor, Faber-Castell, Tombow, Bic, Pilot, Trident,  Cis, entre muitas outras…

Por que eu preciso de uma lapiseira para desenho realista?

Falando especificamente do desenho realista, você precisa de uma lapiseira para a execução de traços mais finos e precisos.

A sua função de não precisar apontar é um lado positivo até mesmo para a técnica, pois mantém a ponta mais fina por mais tempo. Por sua vez, um lápis precisa de uma maior manutenção da mina.

Qual lapiseira escolher?

Vou escolher a lapiseira que mais lhe encantar os olhos e chamar a sua atenção? Não, claro que não.

Você pode escolher o design sim, mas o objetivo principal é optar por uma lapiseira que atenda às suas necessidades. Como dito acima, é a de trabalhar com detalhes e linhas sutis.

Por isso, a sua primeira escolha é o calibre: as mais finas.

Precisa comprar todas? Não, as mais comuns são a de 0.3mm e a de 0.5mm.

Se estiver na pendura, a de 0.5mm é suficiente. Se estiver com disposição, a 0.2mm é uma novidade bem bacana de conhecer.

Porém, agora vem o principal: o importante não é a lapiseira, mas a mina, o grafite!

Agora você já sabe que as mais finas são melhores para o detalhamento do realismo e que a 0.5mm é a essencial. Mas, o que vai dentro dessa lapiseira? A mina de grafite…

Lapiseira para desenho realista

Grafite?

Sim, minas de grafite. Cada calibre de lapiseira há opções de graduação, como no lápis (H, Hb, B…). Nem todas são iguais, por isso é necessário prestar atenção nas opções na hora da compra.

  • Se você quer traços mais secos e claros, escolha as graduações Hard (2H, H, Hb).
  • Se quer traços mais macios e escuros, opte acima de B.

A escolha, no final, é sua

Você pode escolher a lapiseira que quiser, quanto ao design. Desde a mais barata, a mais bonita, a mais confortável, a disponível. A lapiseira é de sua escolha, do seu conforto.

O que vai realmente importar é a mina, desde o calibre até a maciez.

As lapiseiras para desenhos realistas que indicamos

Charles Laveso utiliza a Pentel Graphgear 500, 0.5mm.

A mina que mais utilizamos e indicamos é a 0.5mm/4B da Pentel. No entanto, não existe, ainda, graduação mais macia nesses calibres mais finos.

Para quem já conhece pode se perguntar: aquela da caixa amarelinha (Stein) ou aquela da caixa preta?

A primeira é voltada para o desenho técnico e a outra é voltada para o desenho artístico.

No resultado final, ambas chegam a intensidades semelhantes. Mas na prática, a caixinha preta tem minas mais macias que facilitam o trabalho e a aproximação mais fácil ao escuro intenso.

Com essa mina (0.5/4B da Pentel), você poderá fazer detalhes precisos e intensos, como profundidades de pelos, variados tipos de cabelos e até mesmo a texturização de pele.

Lapiseira para desenho realista

Uma dica técnica

Conforme você vai usando tanto o lápis como a lapiseira, a ponta vai ficando chanfrada. Ou seja, achatada. E por isso macia.

Experimente ir girando o lápis/lapiseira para encontrar a quina da mina, a ponta mais fina. Isso lhe ajudará a ter o traço sempre mais fino.

Porém, duas observações:

  1. No lápis, isso não é suficiente e é preciso apontar constantemente para mantê-lo afiado.
  2. Na lapiseira, é preciso cautela com o peso da mão, procurando sempre pelo traço mais suave e delicado.

No final, é a sua destreza manual que irá fazer todo o trabalho!

Veja nosso guia completo sobre materiais para desenhos realistas!

 

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.