Mesa de luz é trapaça? Entenda mais sobre essa polêmica

Por Robson Almeida 20 de abril de 2017

COMPARTILHE:
mesa de luz
Mesa de luz é trapaça? Entenda mais sobre essa polêmica
5 (100%) 1 vote

Muitos desenhistas iniciantes podem se impressionar pela controvérsia sobre a utilização da mesa de luz como ferramenta de trabalho. Os mais críticos fazem acusações muito duras, chegando ao extremo de afirmar que “isso não é arte”.

 

Já de princípio, qualquer pessoa deve desconfiar quando alguém se propõe a classificar o que é arte ou não. Esse tipo de discurso foi amplamente empregado no período nazista, quando inúmeras obras foram incineradas pela acusação de serem “arte degenerada” (Entartete Kunst).

 

Mesa de luz vs. traço livre

A habilidade de desenhar a mão livre não é comum a todos. De fato, exige destreza e muita capacidade de percepção. Além disso, paciência e olhar privilegiado.

 

Mais complexo ainda é o desafio de reproduzir com fidelidade traços reais, formas humanos com expressões, porosidade, diferentes texturas, tons de iluminação…

 

Por isso a utilização da mesa de luz como suporte no momento de esboçar o desenho pode ser muito útil. Apesar de ser um mecanismo bem simples, possibilita que a luz atravesse o papel e seja possível reproduzir a imagem em outra folha.
“Um pouquinho que você erra na proporção resulta em uma grande diferença no trabalho final. Tem que captar a expressão da face, o sentimento no olhar, as texturas e detalhes da anatomia humana. Por isso utilizo e recomendo a meus alunos e amigos a mesa de luz”, detalha o professor Charles Laveso, que é desenhista profissional há mais de 20 anos.

 

 

Tipos de equipamento

Hoje no mercado é possível encontrar muitos tipos de mesa de luz, e os preços também podem variar bastante.

 

A principal diferença está nos materiais com que são fabricadas, design, durabilidade, etc. Algumas delas possibilitam funcionalidades como regular a intensidade da luz.

 

Mas até mesmo em casa, gastando pouco, você pode montar sua própria mesa de luz. Existem diversos tutoriais no YouTube orientando como fazer isso.

 

Desmistificando a polêmica

Antes do surgimento das copiadoras modernas, como as da famosa marca Xerox, as mesas de luz eram bem populares nos meios editoriais e jornalísticos.

 

Até mesmo no mundo de cinema, especialmente sendo usada para fazer animações de frames quase idênticos.

 

Então, como justificar que hoje no meio criativo ainda haja controvérsia quanto a sua utilização no desenho? A explicação pode estar na própria natureza contestadora do ser humano.

 

Grandes nomes do desenho realista utilizam mesa de luz sem que isso deprecie sua reputação. De maneira nenhuma!

O equipamento só auxilia na exatidão dos contornos captados, mas não elimina o toque artístico pessoal que se manifesta no acabamento da obra.

 

Podemos então fazer um paralelo com a gastronomia, em que diversas técnicas e temperos podem ser empregados, mas o que cabe avaliar é o produto final deste esforço.

 

Então, sem qualquer reserva, aproveite essa ferramenta muito útil para inovar em seus trabalhos. Faça montagens com fotografias. Recorra a linhas guia ou malhas de perspectiva para fazer traços com proporções exatas.

 

E se você gostou do artigo, não esqueça de comentar a sua opinião logo abaixo. Caso tenha um ponto de vista diferente dos argumentos apresentados, também esteja à vontade, pois o importante é fomentar a reflexão.

curso de desenho

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.