O problema com a tatuagem realista

Por Luiza Silveira 13 de setembro de 2018

COMPARTILHE:
tatuagem realista
O problema com a tatuagem realista
5 (100%) 1 vote

As tatuagens estão entre nós há milhares de anos. Ao longo desta existência, existem cânones particulares que ainda são muito importantes e aplicáveis até os dias de hoje.

A popularidade do realismo como uma tendência cresceu nos últimos anos — e por uma boa razão.

Essas obras de artes super-realistas mostram detalhes incríveis. Quando bem feitas, possuem uma semelhança incrivelmente realista.

Porém, a tatuagem realista não está isenta de problemas. Muitos consumidores acabam se decepcionando com os resultados ruins.

Realismo é um estilo

O realismo é um estilo que inclui qualquer tatuagem ou arte que parece realista. O tema, por si só, pode representar qualquer coisa: uma garrafa de cerveja gelada, seu animal de estimação ou o cantor que você ama.

Não importa o que for — desde que seja ou pareça realista.

Resumindo, o realismo é ótimo se você quer cravar uma fotografia na sua pele e quando isso sai exatamente da maneira que você quer.

Mas, não espere que isto dure para sempre…

O envelhecimento das tatuagens realistas

Existem técnicas específicas que fazem uma tatuagem realista durar por mais tempo. Só que essas mesmas técnicas tornam a tattoo mais suscetível ao desaparecimento.

As tatuagens realistas são criadas com o delineamento mínimo e muito sombreamento gradual, para criar a semelhança realista e atingir os efeitos de luz e sombra desejados.

Se em algum trabalho, você optar por usar uma pequena quantidade de tinta preta, a tatuagem estará mais propensa ao rápido desaparecimento. Mais do que uma tatuagem com uma quantidade grande desta cor nela.

Utilizar um sombreamento muito claro e uma saturação suave é sinônimo de maior desbotamento. Neste caso, o sombreamento não é aplicado com a profundidade suficiente na pele para sobreviver ao desgaste do tempo.

Em termos da tatuagem por inteira, se um pedaço foi feito colorido, a tinta preta sustentará melhor o resto da tatuagem, melhor ainda do que os pigmentos coloridos, onde outros pigmentos coloridos foram utilizados. Isso faz com que o nível de realismo destas cores sejam os mais problemáticos.

O problema com a tatuagem realista

Recente. Após cicatrizar.

Como este estilo é relativamente novo, não existem tatuagens realistas com 20 ou 30 anos para avaliar. Existem tatuagens realistas de cinco ou seis anos atualmente, mas são difíceis de encontrar, por causa do desbotamento significante que sofreram.

Ainda assim, os seus donos provavelmente não têm nada que se orgulhar delas hoje em dia.

Embora essas nuances sejam nítidas quando você se levantar a cadeira mostrando sua mais nova tatuagem realista, a exposição ao sol, combinada à regeneração da pele e à sua perda de elasticidade, rapidamente levarão sua tattoo a esse estado:

O problema com a tatuagem realista

Recente. 4 anos depois.

O problema com a tatuagem realista

Recente. Após 13 anos.

O problema com a tatuagem realista

Recente. Depois.

 

Ser realista sobre o seu realismo tatuagem

Vamos ser realistas: ser encarregado de criar uma imagem significativa de um instantâneo desbotado ou foto de grupo é uma situação menos que ideal para o seu tatuador.

É claro que eles querem dar a você uma representação precisa do seu ente querido. Mas deve-se  considerar uma abordagem diferente para criar uma representação memorável. Isto é, traduzir a imagem em um estilo um pouco diferente. Mas estilo este que vai auxiliar na preservação da tatuagem, que vai manter algum nível de semelhança. E, claro, salvando a tatuagem de ser um fracasso total!.

É papel do tatuador ser competente o suficiente para evitar que a tatuagem aguante a ação devastadora do tempo.

 

Neste artigo aqui, Charles Laveso dá alguns motivos para tatuadores fazerem um curso de desenhos realistas. Dá uma olhada lá!

 

Traduzido e adaptado de Tattoo Style: The Trouble With Realism (Arthouse Tattoo).

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.