Qual o tipo de música ideal para desenhar?

Por Charles Laveso 20 de setembro de 2019

COMPARTILHE:
musica

E a arte,
A cédula que vale em qualquer parte.
O sol que brilha muito além de marte.
Semente que em mim diariamente se reparte. 

(Saudade do Infinito – Vander Lee)

E por falar em música e arte, quero aqui associar a arte de desenhar com a sensibilidade aflorada por músicas que nos tocam e nos inspiram.

Me lembro que quando eu era criança e via diariamente meu pai trabalhando em sua sapataria, com a roupa suja, ferramentas nas mãos e um ambiente invadido por música de muitos gêneros.

Recordo que, ao chegar em sua sapataria, a primeira coisa que ele fazia era ligar seu rádio e sintonizar nas músicas que gostava. Eu não entendia muito bem o porquê disso, mas respeitava.

Os tempos se passaram. Meu querido pai se foi, mas a lembrança que tenho de sua arte em consertar sapatos, acompanhada pelo prazer em desfrutar suas músicas… Ah, essas lembranças são vivas em mim.

Música para desenhar

Hoje, o mesmo acontece comigo. Para mim, é praticamente impossível sentar diante de um desenho e não ter como pano de fundo uma música que me inspire a desenhar bem. Percebo que, a cada tipo de trabalho, o momento pede também um tipo de sentimento frente à obra de arte a ser executada.

Em geral, as pessoas me perguntam:

Que tipo de música ouvir no momento de desenhar?

Sinceramente, não sei responder à essa pergunta, mas prefiro formular outra questão.

Que tipo de sentimento essa arte que eu realizo desperta em mim?

Seria força, romantismo, melancolia, felicidade, nostalgia, tristeza, saudade, grandeza, poder, medo ou coragem?

A música e os sentimentos

Assim como a música desperta sentimentos diversos no momento em que a ouvimos, da mesma forma acontece quando estamos realizando um desenho.

Vale lembrar que isso é muito relativo em cada pessoa, pois a melodia que em mim inspira poder, em você poderá despertar melancolia. Cada um de nós tem sensações diferentes de acordo com as nossas próprias experiências e percepções.

Assim sendo, não acredito que se deva ouvir esse ou aquele tipo de música. Mas sim, aquela que te inspira e te motiva.

O poder do som para ajudar na concentração do artista

Definitivamente a música tem um poder enorme para ajudar o artista a se concentrar e criar. Logo, é preciso encontrar qual estilo funciona melhor para você, uma vez que isso varia para cada um.

Da mesma forma que alguma pessoas se distraem com a música, outras preferem uma som para ajudar a manter o foco. Não existe uma regra.

Para muitos, o próprio ambiente de trabalho deve ser um local calmo. Já outros não se importam com barulhos e sons que estão a volta.

A verdade é que a música pode cumprir muitas funções, entre elas a de distrair ou estimular a concentração. Inclusive, existem sons binaurais, disponíveis em plataformas como o Youtube, que ajudam a aumentar a concentração. Mas isso não significa que apenas esse tipo de batida vai te ajudar, pois é necessário encontrar o seu som. Assim, como eu tenho as minhas músicas preferidas para desenhar, você pode encontrar as que funcionam melhor com o seu estilo de ser e desenhar. 

Nesse sentido, estudos feitos pelo biofísico Gerald Oster em 1973 comprovam que as batidas estimulam o funcionamento do cérebro. Desse modo, a batida certa pode ajudar na concentração, enquanto a batida “errada” pode contribuir para a distração e perda de foco

Para quem está começando como desenhista e está em busca de inspiração para desenhar, escutar músicas pode ajuda na criatividade. Desse modo, a música estimula a parte do cérebro responsável pelo raciocínio e concentração. Consequentemente, ajuda a desenvolver a criatividade, a assim desenhar melhor.

3 formas de ouvir músicas para desenhar

Primeiramente, se seu desejo é utilizar a música como parte do seu processo de trabalho, é preciso encontrar a melhor forma de utilizá-la.

Afinal, alguns preferem ouvir música nos fones de ouvido, outros preferem o mais alto possível na caixa de som, enquanto outros preferem ouvir no estilo “som ambiente”. 

Hoje em dia, existem muitas formas de montar uma própria playlist com músicas preferidas, ou mesmo escutar playlists prontas. 

Playlists do Spotify

Eu, particularmente, tenho minha playlist favorita no Spotify e uso sempre que quero me concentrar em um trabalho. Nesta lista, é possível encontrar uma enorme variedade de músicos, bandas e estilos musicais. Vai de Amy Winehouse a Criolo.

Para acessar a minha playlist de desenho, clique aqui.

Bem como, existem outras playlists prontas disponíveis na plataforma. Veja alguns exemplos que encontrei.

Rádio online

Na época do meu saudoso pai sapateiro, as rádios eram um verdadeiro fenômeno. Todo comércio tinha pelo menos um radinho como o do meu pai. Hoje, com a popularização da internet, as rádios online são uma opção para escutar músicas variadas. Abaixo, algumas que eu encontrei com uma diversidade de estilos.

Canais do Youtube

Por fim, a dica final é o Youtube, que possui uma infinidade de playlists preparadas com o objetivo de ajudar na concentração. Além disso, a plataforma também possibilita que qualquer pessoa crie sua playlist com vídeos e músicas. 

Alguns canais oferecem playlists variadas de artistas nacionais e internacionais. Veja algumas opções que encontrei.

Ouvir música funciona para qualquer artista?

Algo que ressaltei ao longo do artigo é que cada pessoa tem o seu som. Logo, o que funciona para mim pode não funcionar para você. Assim, também existe a possibilidade de nenhum estilo ou tipo de música ajudar o artista. 

Isso acontece no caso de pessoas que só conseguem se concentrar sem o mínimo barulho. No entanto, para descobrir se existe uma música que ideal para desenhar, é preciso testar

Por isso, escute diversos estilos e, se preciso, anote as que te deixaram mais concentrado e/ou criativo. No fim, monte a sua própria playlist com o seu tipo de música ideal. 

Assim, desfrute da experiência de se colocar diante do desafio em dar vida à uma obra de arte e mergulhar na multiplicidade de mundos que a música te conduz. Dessa forma, essa experiência também te trará o conforto de se sentir livre do tempo, dos modos, das regras.

Permita que esses momentos sejam de fato vivenciados, de forma natural, durante o processo criativo. Assim, você será inserido em um mundo de descobertas que antes lhe eram desconhecido.

Portanto, sem dúvida alguma, a arte musical coopera para o aperfeiçoamento da arate em suas múltiplas manifestações. Desde o saudoso pai sapateiro ao presente filho desenhista!

Se além de procurar a música perfeita para desenhar, você também está montando seu local de trabalho, confira este artigo. Boa leitura!

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.