Dicas de prancheta e mesa de desenho realista

Por Samuel Torres 2 de outubro de 2018

COMPARTILHE:
mesa de desenho
Dicas de prancheta e mesa de desenho realista
5 (100%) 1 vote

Na hora de desenhar, é preciso um apoio para fazê-lo, não é? Neste artigo, falaremos sobre pranchetas e mesas de desenho.

É realmente necessário tê-las para começar a desenhar? Vale o custo benefício?

Continue lendo para saber mais!

Preciso de uma mesa de desenho para começar a desenhar?

O professor Charles Laveso nos conta que, quando começou a desenhar, não se importava muito com pranchetas e/ou mesas de desenho.

Bastava-lhe uma superfície lisa para apoiar o papel, que não tivesse nenhum tipo de irregularidade que atrapalhasse o desenho. Pegava um pedaço de MDF, colava o desenho com fita crepe e assim desenhava.

Às vezes na mesa da cozinha, sentado na cama… E também desenhava sentado em um banquinho, com o desenho em uma superfície apoiado no colo.

Mas sabemos que posições desconfortáveis, além de poder prejudicar a qualidade do desenho, a longo prazo pode trazer danos à saúde. Por isso é importante considerar a posição que se senta para desenhar.

Não espere poder comprar uma boa mesa de desenho ou prancheta para começar a desenhar

Como diz o Charles:

Quem desenha, desenha até em papel de pão.

Essa frase traz uma verdade. Se a pessoa realmente gosta daquilo, não vai deixar de fazer, de um jeito ou de outro. Ou seja, as dificuldades serão apenas desafios, e não desculpas para não fazer.

Quando se muda a ótica, procurando soluções e não dificuldades, a criatividade entra em ação. Usa-se todos os recursos disponíveis para alcançar o que deseja.

Portanto, veja abaixo algumas dicas de mesas de desenho e pranchetas!

Mesas de desenho

Na falta de uma mesa própria para desenho, pode-se usar qualquer tipo de mesa ou escrivaninha. Ou qualquer outra superfície que lhe dê apoio.

Usando a criatividade

  • Cavaletes com MDF ou vidro por cima;
  • Mãos francesas com tábua fixadas na parede;
  • Mesa de jantar;
  • Enfim! Qualquer superfície apoiada em uma base sólida. As opções são infinitas.

Dicas de mesas

Agora, se você pode adquirir uma mesa própria para desenho, aqui vão algumas dicas.

Uma marca conhecida e conceituada de marcas de mesas para desenhistas e projetistas é a Trident. Abaixo alguns exemplos de modelos.

Mesa de desenho

A primeira é o modelo que eu uso, é desmontável, fácil de transportar e tem ajustes de altura e inclinação do tampo.

A segunda também tem ajuste de inclinação e também uma régua que ajuda parar os materiais em cima. A base não desmonta, mas tem a vantagem de não ter os pés verticais na frente atrapalhando as pernas.

A terceira é semelhante a essa do Charles na imagem de capa, com suporte para computador, teclado e até outra superfície acima da mesa. Também com regulagens de altura e inclinação.

A última é uma mesa com tampo de vidro e luz por baixo, já faz o papel de mesa de luz também. Possui regulagens de altura e inclinação, e sua enorme área iluminada possibilita trabalhar com grandes desenhos ou projetos.

Essa sequência está disposta por ordem de simplicidade, começando pela mais simples e indo até as mais completas. Elevando também os preços, é claro.

Porém, todas servem muito bem ao propósito do desenho à lápis.

Existem também outras marcas especializadas em mesas para trabalhos artísticos.

Vejamos alguns exemplos:

Mesa de desenho

 

Dicas de pranchetas

A prancheta é uma ótima opção para se usar quando está desenhando.

Serve não só para apoiar o desenho na ausência de uma mesa como também pode ser usada por cima da mesa de desenho, quando essa tem uma superfície não muito lisa.

Também serve para deixar o desenho em uma posição levemente inclinada.

Usando a criatividade

Qualquer superfície lisa serve!

  • MDF;
  • Vidro;
  • Alguns tipos de plásticos, acrílico…

Pranchetas para desenho

Existem variadas marcas e modelos de pranchetas para desenho. Aqui vamos trazer apenas algumas, as mais conhecidas entre os desenhistas.

Pranchetas de desenho

A primeira é uma prancheta comum, da marca Trident, com um prendedor em acrílico para o papel.

A segunda, da marca Mocho, apresenta a vantagem da inclinação com regulagem de altura. Desmontada fica plana e fina, como uma prancheta comum.

Já a terceira, também da marca Trident, é mais completa, com régua e também é uma maleta que serve para guardar e transportar os materiais de desenho.

O ambiente de trabalho do desenhista

A mesa de desenho é uma das partes que compõe o ambiente de trabalho do desenhistaE todo desenhista, mesmo que comece desenhando em qualquer superfície no início, sempre tem a vontade de arranjar um canto mais elaborado para si.

Vejamos abaixo, esse é o espaço de desenho de uma de nossas alunas do Curso Virtual, projetado por uma arquiteta (sua filha) e feito sob medida.

Assim, há a possibilidade de exteriorizar sua personalidade e criar um ambiente que lhe agrade.

mesa de desenho

Considerações finais

Concordamos que além da questão prática, mesas de desenho e pranchetas tem seu valor para o desenhista em questão de estilo. São parte do tão sonhado espaço de desenho.

Sempre que há a possibilidade de adquirir produtos melhores, porque não?

Porém, se suas condições financeiras no momento não o permite de se dar ao luxo de escolher o que lhe agrada, o desenho, por si só, é o mais importante. Então devemos buscar meios que nos auxiliam no processo, de acordo com nossas limitações.

Se você está usando de desculpas o fato de não ter isso ou aquilo para desenhar, se pergunte:

  • Você está realmente disposto a desenhar?

Às vezes até temos bastante vontade de desenhar, mas falta mesmo é determinação. Não deixe que suas desculpas sejam suficientes para impedi-lo de desenhar!

 

Você tem vontade de viver do desenho? Veja opções de trabalho com o desenho realista!

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.