Dicas de como escolher referências para desenhos realistas

Por Maira Poli 9 de Maio de 2018

COMPARTILHE:
Referência para desenhos realistas
Dicas de como escolher referências para desenhos realistas
5 (100%) 2 votes

Para quem já está por dentro do mundo do Desenho Realista, ou você que está chegando agora, já deve saber que a referência é parte primordial do nosso trabalho.

É uma arte que tem como base a fotografia e utilizamos ela como apoio em 100% do tempo, procurando fazer a interpretação do que vemos através da técnica manual.

Não vamos falar aqui sobre o ato de “copiar” uma fotografia.  O que vamos tratar aqui é sobre como escolher as suas referências, visando alcançar melhores resultados em seus desenhos realistas.

Ao pensar em imagens de referência para desenhos realistas, podemos questionar:

Acompanhe para saber a resposta dessas perguntas!

Como escolher a imagem?

Essa é a parte mais importante nesse processo da escolha. Por que você decidiu dedicar várias horas do seu tempo usando aquela referência?

Um desenho realista normalmente não é um desenho de resultado rápido. E para desenvolver cada particularidade dessa arte, é preciso dedicação e tempo. Assim, é necessário se identificar com a fotografia que usará para trabalhar durante essas horas.

Portanto, em sua pesquisa pela fotografia, tenha em mente aquilo que lhe motiva:

  • personagens que você gosta (filmes, séries e games);
  • pessoas com quem se identifique (atores e atrizes, celebridades, familiares ou pessoas desconhecidas);
  • animais ou paisagens que lhe tragam boas sensações, são alguns exemplos.

Sinta a sua referência e procure desenhar por você, aquilo que mexe com o seu interior. E não pense em desenhar o que os outros gostam ou queiram. O querer tem que vir de você.

Cada artista irá desempenhar um trabalho diferente e ter seus respectivos apreciadores. Mas desde que seja autêntico e fiel à sua personalidade!

Onde encontrar referências para desenhos realistas?

O meio mais comum, de fácil acesso e gratuito é através do Google Imagens. Basta você digitar o nome da referência que está buscando e aparecerão infinitas opções.

O que é legal é que podemos filtrar a pesquisa, clicando em Ferramentas, e depois em Tamanho. Você poderá selecionar somente a resolução que está procurando.

  • Uma dica: selecionando a opção Grande, aparecerão apenas imagens de alta resolução. Aí será preciso apenas um pouco de paciência para procurar a que lhe agrade o olhar. Vá salvando as melhores e depois selecione para desenhar a que mais gostar.Referência para desenhos realistas: Captura de tela do Google Imagens procurando imagens do Samuel L Jackson

E quando eu encontrei a imagem certa, mas ela não tem boa resolução?

Primeiro vamos entender o que é a resolução da imagem.

Toda imagem é feita de pixels; aqueles quadradinhos que, quando se dá muito zoom, consegue vê-los. Quanto maior o número de pixels que uma imagem tem, “maior” ela será.

Quer dizer que podemos dar mais zoom sem aparecer aqueles quadradinhos. Ou podemos imprimir em um tamanho grande sem ficar borrada ou distorcida.

No caso de desenhos feitos até o tamanho A4, pode-se usar imagens a partir de 1024×768 pixels que não vai ficar distorcida. Porém, em tamanhos como A3 ou A2, é recomendado que se obtenha imagens maiores.

No entanto, a questão do tamanho (ou pixels) da imagem, não é um fator limitante. Pode ser superado por um desenhista experiente.

Quer dizer, mesmo com uma imagem de baixa resolução, é possível se alcançar bons resultados no desenho. Desde que o desenhista tenha uma certa experiência com as formas do rosto das pessoas e detalhes, imaginando o que está ali. Mesmo que a imagem não mostre direito!

Veja o exemplo abaixo:

As duas imagens são a mesma, porém, uma com baixa e outra com alta resolução.

Referência para desenhos realistas. Imagem do Samuel L Jackson, e ao lado zoom na imagem em baixa qualidade

Referência para desenhos realistas. Imagem do Samuel L Jackson, e ao lado zoom na imagem em alta qualidade

Podemos ver isso ao dar zoom, na primeira começa a ficar borrado e sem definição. Já na segunda, mesmo ampliando bastante, é possível enxergar bem os detalhes.

E eu só posso usar uma referência para desenhos realistas se for de nitidez alta?

Não necessariamente.

O desenho realista é uma arte onde o objetivo principal é trazer a sensação de naturalidade ao trabalho.

Com isso, temos artistas que não focam em detalhes de textura, mas formam uma composição tão suave e delicada de sombra e luz em que a imagem parece muito real.

Porém, é mais comum encontrar artistas realistas em busca dos detalhes e texturização, procurando agregar outros valores à obra.

Ou até mesmo buscando o Hiper Realismo, onde a arte traz o real em cada minucioso detalhe. Neste caso, busca de referência de alta resolução e nitidez se faz necessário.

Quanto mais detalhe, melhor. Será?

Por vezes nos deparamos com desenhistas amadores quebrando a cabeça para encontrar fotografias excelentes, mas sem o preparo para elas.

Antes de pensar em texturas, é preciso estar seguro no sombreamento de base, no domínio da boa execução de luz e sombra.

De nada adianta uma imagem rica em detalhes, mas com um contraste apagado e sem vida, com volumes fora da proporção.

Quando você procura referências com volume em evidência, percebe-se os tons escuro, médio, claro e brilho. Seu trabalho, por si só, já terá uma maior probabilidade de se destacar.

E se mesmo assim eu não encontrar a nitidez necessária na fotografia que eu procuro?

É comum acontecer com fotografias de encomendas, onde a pessoa manda aquela foto 3×4, ou tirada por celular apresentando até boa nitidez. Porém, ao ampliá-la, perde-se quase totalmente os detalhes, sendo muito difícil de ser desenhada.

Nesse caso, é imprescindível que o desenhista já tenha uma vasta experiência com desenhos de rostos, tendo adquirido assim um conhecimento e percepção das formas e detalhes. E podendo recriar aquilo que não se vê com clareza.

No entanto, para quem está começando e não tem tanta experiência, é aconselhável que evite (se possível) pegar trabalhos desse tipo, priorizando fazer imagens de sua escolha e de boa resolução e nitidez. Assim proporcionando uma boa compreensão do que se vê, e facilitando o desenvolvimento da técnica e percepção necessárias.

Quando não há outro jeito e você precisa fazer encomendas, mesmo com fotos de baixa qualidade, faça o possível para que essas apresentam a melhor qualidade possível. Peça mais de uma foto, para que você oriente qual a melhor a ser desenhada.

Priorize imagens claras e que mostrem com clareza as formas, volumes e tons. Evite aquelas fotos escuras demais, ou claras demais por conta do sol. Não precisa ser uma foto tirada em estúdio, mas tem que ter um mínimo de boa iluminação e nitidez para que se consiga fazer um bom trabalho.

 

Por fim, alguns cuidados:

  • Quando souber o autor da fotografia (sempre procure identificá-lo), dê os devidos créditos nas publicações;
  • Não deixe estagnar-se e procurar referências sempre do mesmo nível em que você já se sente confortável em reproduzir. Desafie-se, e tente fotografias mais difíceis para ir adquirindo experiência e evoluir no seu processo de estudo.

 

Veja como desenhar com 6 vídeos tutoriais produzidos por Charles Laveso e nossa equipe!

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.