Quanto tempo você leva em um desenho?

Por Samuel Torres 6 de fevereiro de 2017

COMPARTILHE:
Quanto tempo você leva em um desenho?
5 (100%) 2 votes

Sabia que o tempo que você leva para fazer um desenho reflete diretamente na qualidade do seu trabalho?

Grande parte dos amantes do desenho inicia bem cedo nesta arte. Seus trabalhos começam bem simples e rápidos. Ao passo que você vai aprendendo como desenhar bem, os trabalhos vão ficando cada vez mais complexos, detalhados e, portanto, demorados.

O mesmo acontece com os que nunca desenharam antes e começam a aprender a desenhar. Ao passo que a percepção vai se desenvolvendo prática, também vão se aprimorando a técnica e a paciência.

Porém, essa paciência geralmente é limitada.

Acontece que somos moldados e influenciados pela cultura do ‘’imediato’’. Estamos acostumados a fazer tudo com pressa, a ansiedade está presente em quase tudo na vida.

Nas palavras do professor e filósofo Clóvis de Barros:

‘’Ao nascer e crescer ficamos ansiosos para ir à escola, ao estarmos cursando-a ficamos ansiosos, pela próxima etapa, o ensino médio, estando cursando-o ficamos ansiosos pela faculdade. Chegando lá ficamos ansiosos pelo estágio, depois, pelo emprego na área. E quando alcançamos todos esses objetivos ficamos ansiosos pela promoção. Com tudo isso realizado, mesmo assim ficamos ansiosos pela aposentadoria, pois agora poderemos desfrutar de tudo ao que nos dedicamos’’.

Enfim, a vida gira em torno de metas e conquistas, numa corrente interminável. E essa ansiedade se manifesta em todas as áreas em nossas vidas. Carecemos de momentos em que nos desligamos de tudo, de compromissos, do tempo…

O ritual para desenhar

No momento de desenhar, devemos manter a mente limpa, espírito calmo e tranquilo. Assim a percepção se ‘’debruça’’ na imagem, em sua essência, sentimento, detalhes, e com a técnica, tudo isso se reflete no trabalho.

E você também deve conhecer o essencial sobre materiais para desenhos realistas.

Em nossa experiência com alunos do curso virtual de desenhos realistas, há vários anos, vemos claramente essa falta de paciência e ansiedade imperar. Por isso, uma boa parte do nosso trabalho consiste em desacelerá-los, ensiná-los a ter paciência, controlar a ansiedade.

Grafite sobre papel Lana Bristol – 30×40 cm

Creio que um tempo médio mínimo para se executar um desenho realista de um rosto simples seja na faixa de umas 20 horas. É claro que quanto mais tempo e paciência se dedicar ao desenho melhor ele ficará.

Para exemplificar isso trago esses dois desenhos meus, o primeiro feito com aproximadamente 10 horas de trabalho, quando estava começando no desenho realista, e o segundo com cerca de 40 hs, um trabalho mais recente.

Grafite sobre papel Canson – 20×30 cm

 

Referências

Ao observarmos artistas talentosos pelo mundo afora, vemos que o tempo que levam para executar um trabalho é muito mais do que estamos acostumados a ver.

Trago como exemplo dois artistas que muito admiro e aprecio os trabalhos, Dirk Dzimirsky e Emanuele Dascanio.

Os belíssimos trabalhos de Dzimirsky são feitos com mais de 100 horas de execução podendo chegar a centenas de horas!

O que proporciona, juntamente a sua incrível técnica, trabalhos espetaculares como esse abaixo.

Insomnia, 2015, charcoal and acrylic on canvas, 120 x 160 cm

Dzimirsky é um artista alemão que trabalha com o hiper-realismo focado em pessoas e expressões humanas, com técnicas variadas como pintura a óleo, acrílica, carvão, grafite, pastel, caneta, entre outras, inclusive mesclando-as, como nesse trabalho acima, onde foram usados tinta acrílica e carvão.
Emanuele Dascanio é um artista italiano que trabalha com o fotorealismo, desenvolveu a técnica à óleo e à carvão com grafite, na qual mais se destaca e por onde é mais conhecido.
Seus trabalhos também levam mais de 100 horas de execução, como essa incrível obra abaixo que levou 300 horas!

This is my Father – 2013 -Charcoal and graphite on paper 80×50 cm

Com tudo isso, podemos concluir, com certeza, que a paciência é um dos principais requisitos para um bom desenho realista, senão o mais importante.

Por: Samuel Torres

COMPARTILHE:
Entre para a nossa lista VIP.